A Organização Celestial do Livre Arbítrio foi criada por Pedro Dom, pianista e compositor, em 2009, ao convidar os amigos Patrick Bass (baixo) e Zilla Sonoro (mc) para gravar um disco. O processo de maturação/criação/produção desta obra se estendeu até 2014, quando foi lançada como Orquestra Celestial do Livre Arbítrio, contendo 11 faixas. Para integrar o trabalho, Pedro convidou o baterista Rodrigo Cordeiro e os cantores Marcelo Zion e Yule Aurêh. Um projeto de orquestra popular iniciado por dois naipes, instrumental e vocal, com o objetivo de ampliá-la futuramente ao incluir naipes de cordas, sopros e percussão.

De origens e formações diversas, o grupo tem uma vivência plural e a imprime nas músicas, que soam como um rap sofisticado pela estética do jazz e dos elementos regionais da vasta música brasileira. A O.C.L.A. busca o diálogo permanente na linguagem musical com a consistência rítmica africana, a fluidez melódica e harmônica da polifonia européia, a sensualidade latina e as esquisitices da música contemporânea para atingir suas texturas imaginadas.

Os shows contém muita apreciação musical, diversão e celebração, com o disco muito bem aceito pelo público, e com satisfatório sucesso por onde a banda passa. Os destaques recentes foram as participações nos eventos Sofar Sounds, que acontece ao redor do mundo inteiro, e na festa de aniversário de 10 anos da Vista Art. Com músicas autorais e temas de Arthur Verocai, João Donato, Baden Powell, Ahmad Jamal, Azymuth e Hermeto Pascoal, a Organização Celestial do Livre Arbítrio mostra de onde veio e pra onde vai: para o futuro da música brasileira e mundial. 

A Organização Celestial do Livre Arbítrio foi criada por Pedro Dom, pianista e compositor, em 2009, ao convidar os amigos Patrick Bass (baixo) e Zilla Sonoro (mc) para gravar um disco. O processo de maturação/criação/produção desta obra se estendeu até 2014, quando foi lançada como Orquestra Celestial do Livre Arbítrio, contendo 11 faixas. Para integrar o trabalho, Pedro convidou o baterista Rodrigo Cordeiro e os cantores Marcelo Zion e Yule Aurêh. Um projeto de orquestra popular iniciado por dois naipes, instrumental e vocal, com o objetivo de ampliá-la futuramente ao incluir naipes de cordas, sopros e percussão.

De origens e formações diversas, o grupo tem uma vivência plural e a imprime nas músicas, que soam como um rap sofisticado pela estética do jazz e dos elementos regionais da vasta música brasileira. A O.C.L.A. busca o diálogo permanente na linguagem musical com a consistência rítmica africana, a fluidez melódica e harmônica da polifonia européia, a sensualidade latina e as esquisitices da música contemporânea para atingir suas texturas imaginadas.

Os shows contém muita apreciação musical, diversão e celebração, com o disco muito bem aceito pelo público, e com satisfatório sucesso por onde a banda passa. Os destaques recentes foram as participações nos eventos Sofar Sounds, que acontece ao redor do mundo inteiro, e na festa de aniversário de 10 anos da Vista Art. Com músicas autorais e temas de Arthur Verocai, João Donato, Baden Powell, Ahmad Jamal, Azymuth e Hermeto Pascoal, a Organização Celestial do Livre Arbítrio mostra de onde veio e pra onde vai: para o futuro da música brasileira e mundial. 

Rua Felipe Neri, 353
Auxiliadora - Porto Alegre
+55 51 3022 2600

Rua Girassol, 796/sala 10
Vila Madalena - São Paulo
+55 11 4301 9493

8484 Wilshire Blvd. #515
Beverly Hills, CA 90211
+1 323 648 5231

Rua Felipe Neri, 353
Auxiliadora - Porto Alegre
+55 51 3022 2600

Rua Girassol, 796/sala 10
Vila Madalena - São Paulo
+55 11 4301 9493

8484 Wilshire Blvd. #515
Beverly Hills, CA 90211
+1 323 648 5231

foto: