New York, New York. A cidade que nunca dorme, como já cantava Frank Sinatra, ,é na verdade, muito menos poética que do que a canção sugere. Nem tudo são flores naquela que é considerada por muitos a capital do mundo. O que impera entre suas esquinas e arranha-céus é justamente uma palavra omitida na música: ambição.

Nova Iorque é um ímã de ambiciosos. Todos que chegam querem alguma coisa da cidade: sucesso financeiro, reconhecimento artístico, um novo estilo de vida. A música segue dizendo "se eu consigo lá, eu consigo em qualquer lugar". Mas pode ter certeza que a cidade cobra o seu preço. Ela é uma selva de pedra e seu ritmo de vida é um verdadeiro vício. Desde 2004 a Jungle Junkies sente essa sensação que é morar em Nova Iorque. Formada pelo guitarrista Paulo Cassio (ex-Rosa Tattooada – banda de hard rock gaúcha) e a vocalista Dika Konder (ex-Primitive - banda de rock eletrônico paulista), o grupo, logo após a sua formação, já entrou no compasso ambicioso da cidade e em um curto período de tempo fez mais de 60 shows. Na lista de clubs por onde passou estão o legendário CBGB's e outros clássicos como The Continental,The Knitting Factory, Warped Tour, The Trash Bar e Europa Club, nesse último dividindo o palco com a Faster Pussycat. Em 2006 as músicas "I Have to Go" e "Just Like Before" foram incluídas no DVD "Cum on my Tattoo" da Punk Rock Porn Star Joanna Angel. No mesmo ano, "Just Like Before" tambem entra na Compilation "Gritty in Pink Tour" ao lado de nomes como Joan Jett and The Blackhearts e The Eyeliners.

Rua Felipe Neri, 353
Auxiliadora - Porto Alegre
+55 51 3022 2600

Rua Girassol, 796/sala 10
Vila Madalena - São Paulo
+55 11 4301 9493

8484 Wilshire Blvd. #515
Beverly Hills, CA 90211
+1 323 648 5231

Rua Felipe Neri, 353
Auxiliadora - Porto Alegre
+55 51 3022 2600

Rua Girassol, 796/sala 10
Vila Madalena - São Paulo
+55 11 4301 9493

8484 Wilshire Blvd. #515
Beverly Hills, CA 90211
+1 323 648 5231

O EP Big City Dreams tem um acabamento mais cru que o seu antecessor, o disco JUNGLE JUNKIE de 2010. " Estamos buscando algo mais orgânico, quase que um 'ao vivo' no estúdio. Tivemos acesso durante as gravações a equipamentos clássicos e optamos por valorizar essa sonoridade no nosso trabalho." comenta Dika Konder. Para colocar esse trabalho na roda a Jungle Junkies assinou com a Loop Discos. Para Edu Santos, diretor artístico do selo, "a banda tem um som muito autêntico e visceral. Os integrantes da banda são o que eles tocam. São todos músicos com anos de estrada… anos de rock. Isso nenhuma banda de moleques roqueiros consegue copiar."


Paulo está confiante para este ano: "2016 será grande para a Jungle Junkies". Novas músicas, novo disco, novos integrantes. Prontos para começar tudo de novo. Ambiciosos? Pode apostar que sim.